As direções

Image

 

É engraçado brincar com o cubo mágico e perceber que cada movimento impacta no arranjo.
Comecei a pensar nas semelhanças do cubo e das nossas ações.
São tantas as escolhas que a gente tem que fazer na vida, dentro de um universo de oportunidades tão amplo,
como saber qual o caminho vai deixar a gente mais feliz e satisfeito.
Cada olhar pra direita certamente vai repercurtir de forma diferente do que se olhassemos no mesmo instante para a esquerda.
Brincando no cubo a gente roda, gira , faz, desfaz, sempre com um objetivo de fechar todas as cores, mas e na vida, como descobrir o nosso objetivo?
Apenas ao brincar de girar O cubo existem aproximadamente 43 quintilhões de combinações diferente, dessas, apenas uma a cada doze representam combinações solucionáveis.
Queria saber como as combinações das nossas ações vão nos levar a uma “solução”, mas talvez seja inútil pensar nisso. Devemos seguir os passos com a razão? Com o coração?
Como saber que não iremos acabar numa rua sem saída. A vida é uma caixa de mistérios e surpresas mesmo, mas acho que a graça é mesmo dispensar os roteiros,
o passo a passo para tentar chegar a algum lugar, ou encontrar alguma solução. Pelo menos é bom saber que os 43 quintilhões de combinações que um brinquedinho proporciona não chega nem perto da infinitude de caminhos que podemos percorrer ao registrar a nossa história.
O universo é bem generoso com a gente mesmo 🙂

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: