Nhaiii :)

fofo

Não me canso de escutar amigos sofrendo por amor e se justificando com o discurso do que o amor representa. Muitas vezes amar alguém passa a ser desculpa para tolerar atitudes que nos ferem, atitudes que não aceitamos mas que acabamos por relevar por achar que são inerentes ao amor: a compreensão, o perdão. Acho que é importante lembrar que antes de ser capaz de manter qualquer relacionamento devemos amar a nós mesmos. Para mim o que sustenta qualquer relacionamento é um tripé: confiança, atração/química e admiração. Admiração é fundamental porque nos só respeitamos quem admiramos de certa forma. E vice versa e é com esse pensamento que eu desejo que 2011 seja o ano do amor, em todas as formas. Mais amor na família, mais amor pela natureza, mais amor nos seus atos do dia a dia, por cada momento, porque amor é plenitude, é a melhor recompensa que a gente pode ter da vida. 😀

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: