O que é felicidade?

Felicidade é um estado em que a pessoa se sente completa, sem nada de grande importância faltando na vida, conseqüentemente ser feliz, na essência da palavra, írá te fazer uma pessoa mais desapegada a outras coisas. Sublime. Satisfação própria.

Felicidade é diferente de um momento fugaz de contentamentos/alegrias/prazer. Quando a pessoa não consegue encontrar o que realmente lhe traz felicidade (o sentido disso) ela se apega a coisas e situações que lhes proporcionem esse estado de alegria de curta duração (relativa)… logo se torna um ciclo vicioso… a busca pela felicidade nunca irá acabar, sempre lhe faltará algo mais. Quando não se sabe o que lhe faz feliz, buscamos refugio em coisas como $, em situações superficiais, etc. No fundo um contingente de gente “infeliz” acaba alavancando toda uma economia por ex. Quero ter o tênis da moda, quero ter um caro bacana, ir na festa mais cara… e vou alimentando isso incessantemente, pq é o que eu acho que é felicidade. Mas no fundo, em algum momento há um vazio.

Status, poder, fama, nada disso traz felicidade. Pessoas humildes que vivem em lugares simples, roças, e mtas vezes não tem nada conseguem ser mais realizadas do que muitos da cidade grande. Pq tantos atores, milionários então sempre envolvidos com drogas, deprimidos e coisas do gênero? Pq a felicidade que o glamour e a fama lhes proporciona é falsa, e em algum momento eles descobrem isso e mergulham nesse mundo. Devo alertar, contudo, que a alteração dos estados de consciência provocados por drogas, isso inclui bebidas, obvio….simplesmente é um “estupro” da felicidade. Pq vc bebe? Pra se sentir mais “alegrinho”, pra forçar uma situação divertida. A “sintomática desvairada e sem significado” que o efeito delas nos causam são exemplos de incongruência entre o ego que experimenta e o nível atingido.

Anúncios

2 Respostas

  1. O conceito de felicidade é realizado pelos egos dos que concebem todos os estados descritos. Por se tratar de uma idéia pessoal, o que eu considero ideal pode estar longe do que o meu vizinho imagina.
    Apesar de nossa unicidade, os movimentos culturais ditam certos paradigmas. Sendo assim, o meu conceito de felcidade pode não ser meu. E na realidade, poucos constroem realmente esta idéia por si só.
    O que é raro não é ser feliz, ou aparentemente feliz, é sim construir as próprias idéias e “catalogar” as sensações mais adequadas para serem lembradas.
    E assim, influenciados, sonhamos sonhos de outros, traçamos os mesmos objetivos daquele bem-sucedido financeiramente.
    Dentro desta realidade, acredito eu que é possível que uma pessoa com quase nada seja feliz. Ou uma pessoa com quase tudo também seja. Ou o contrário, alguém com quase nada seja extremamente infeliz. E o exemplo já dito, alguém com muito e infeliz.
    As drogas também possuem papel semelhante. Alterar a realidade é diretamente um subterfúgio. E não se altera a realidade apenas com o uso de substâncias. Mudar a rotina, acordar mais cedo, dormir mais tarde e tudo isso é mais uma maneira de alterar a realidade.

  2. Adorei o texto, gostei mesmo!
    😀

    beijao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: